SOBRE PORTOVELHANDO

Porto Velho e os portovelhenses vivem em uma sociedade de extrema conexão, porém, ainda existem pontos desconectados nessa cidade. Nós do Portovelhando.com identificamos alguns pontos desconectados?

E um deles foi o Patrimônio histórico e cultural de Porto Velho.

Como assim?

As sociedades contemporâneas como a nossa passam parte das suas  vidas em um híbrido, entre o que é vivo no campo real e o que é  acessado através do mundo virtual. É percebido a seguinte relação: a vida cultural de Porto Velho não está presente na internet!

Por isso nosso projeto tenta migrar parte do patrimônio histórico e cultural material e imaterial de Porto Velho para a rede mundial de computadores, proporcionando publicidade a nossa cultura, através das redes sociais.

Promovendo a valorização cultural de Porto Velho em tempos digitais;

O MERCADO NA COMPRA DA CULTURA

Por que o setor público tem o dever de investir em cultura?

Declaração Universal de Direitos Humanos e  Constituição Federal de 1988.

Os Direitos Culturais, além de serem direitos humanos previstos expressamente na Declaração Universal de Direitos Humanos (1948), no Brasil encontram-se devidamente normatizados na Constituição Federal de 1988 devido à sua relevância como fator de singularizarão da pessoa humana.

Na Constituição de Rondônia.

Art. 184. O Estado apoiará e incentivará o turismo como atividade econômica, reconhecendo-o como forma de promoção e desenvolvimento social e cultural.

Lei Orgânica de Porto Velho

Art. 160 – O Município apoiará e incentivará o turismo como atividade econômica, reconhecendo-o como forma de promoção e de desenvolvimento social e cultural.

Art. 200 – O Poder Público Municipal destinará recursos orçamentários para o incentivo à cultura, direcionando-os a ações de apoio e estímulo. (Redação dada pela Emenda À Lei Orgânica Nº 31 De 10/12/1998 publicada no D.O.M nº 1.594 de 23/12/1998).

I – à realização de festividades culturais, exposições de artes plásticas e artesanato.

IV – à programas de cultura de massa que proporcionem o conhecimento da literatura brasileira erudita e popular;

IX – à divulgação de conteúdos culturais de cunho regional e local através de meios videográficos, discográficos e cinematográficos; (Incluído pela Emenda À Lei Orgânica Nº 31 De 10/12/1998 publicada no D.O.M nº 1.594 de 23/12/1998).

Iniciativa privada responsável investe em cultura.

Para iniciativa privada investir na cultura local é vincular a sua marca e seus produtos a valorização cultural e promover a construção de cidadania (marketing com responsabilidade social)

Transformando cultura em empreendimento economicamente sustentável.

Nossa ideia é construir um galeria de arte virtual, onde artistas de diversos segmentos podem expôr e comercializar seus trabalhos como nos campos da: Literatura, música e obras de artes em geral que tenham como foco a valorização do nosso patrimônio Histórico e Cultural.

Pois o consumo ajuda no processo de construção da identidade sociocultural, local e regional e no desenvolvimento do sentimento de pertencimento do modo de ser e fazer local e regional. Mas para isso é necessário criar um canal de compartilhamento dessa identidade por isso o Portovelhando.com

COMO FAREMOS ISSO?

Para criarmos esses produtos culturais nossa equipe é formada por pesquisadores que estudam o estilo de vida da sociedade portovelhense e transformam os modos de ser e fazer em valorização e identidade cultural,  a através de marketing digital e contamos também com nosso assessoramento jurídico para as questões burocráticas e contratuais.

  • RICARDO RODRIGUES: Pesquisa socioantropologica;
  • AURÉLIO PAZ DA LUZ: Desenvolvimento web, T.I e Marketing digital;
  • ENMANUELY SOARES: Revisora de texto e assessoria jurídica.

O QUE VEM PELA FRENTE?

Em dois anos queremos ter parceiros para replicar o projeto nas cinco principais cidade do Estado de Rondônia:

  • Guajará-Mirim;
  • Ariquemes;
  • Ji-Paraná;
  • Cacoal;
  • Vilhena.

Desenvolver o projeto Estadual de identidade cultural Rondoniense, o Rondoniando.com.

Com esse trabalho, poderemos:

Reconectar!

Com isso vamos Reconectar os modos de ser Rondoniense das diversas regiões a rede mundial de computadores e as redes sociais, assim os rondonienses vão se ver e se identificar no mundo digital.

Através da valorização, da pesquisa e do consumo queremos ajudar a desenvolve identidades locais, senso de pertencimento e cidadania.

Entre em contato com nossa equipe.